Proposta de logomarca para a segunda fase do FSSP

Proposta de logomarca para a segunda fase do FSSP
Proposta de logomarca criada por Bruno Franques para a segunda fase do FSSP.

Esta arte foi inspirada em um dos monumentos mais expressivos da cidade de São Paulo, que além de ser reconhecido como importante símbolo da cidade, remete ao seu caráter cosmopolita e multicultural, em sua relação com os povos da América Latina.
Uma das principais missões do Grupo de Facilitadores do Fórum Social de São Paulo é a ressignificação dos problemas que os cidadãos e cidadãs enfrentam diariamente na metrópole. A ação educativa proposta pelo coletivo consiste em chamar a atenção para o fato de os problemas imediatos que afligem a população são apenas a ponta de um iceberg, e suas raízes estão no cruel sistema capitalista em que vivemos. Missão semelhante levou Eduardo Galeano a escrever o livro “As veias abertas da América Latina”, revelando as atrocidades que os povos europeus cometeram no processo de colonização do continente. A obra retratada nesta arte se refere à escultura “A mão” feita por Oscar Niemeyer em homenagem à Eduardo Galeano, inspirada em seu principal livro, para compor a paisagem do espaço público do Memorial da América Latina de São Paulo.

Sobre Bruno Franques

Bruno Franques é sociólogo, bacharel em Ciências Sociais pela USP. Mestrando em Educação, Comunidade e Movimentos Sociais na UFSCar Sorocaba. Cursou também Comunicação Social e Educomunicação. Colaborador do Instituto Physis (institutophysis.wordpress.com), é membro da Rede de Facilitadores de Fóruns Locais (forunslocais.net); do Grupo de Facilitadores do Fórum dos Povos (forumdospovos.net); do Fórum Social São Paulo (forumsocialsp.org.br); do Fórum Social Sorocaba (forumsocialsorocaba.org.br); do Coletivo Coolmeia SP (coolmeia.org); do Grupo de Articulação Regional da Feira de Orgânicos de Sorocaba (garfos.org.br), do Núcleo de Educação Infantil Jardim do Livre Sonhar (livresonhar.org.br), do programa de televisão Diálogos Comunitários (dcufscar.wordpress.com), da Campanha Nacional Contra os Agrotóxicos e pela Vida (contraosagrotoxicos.org) e da Coalizão por um Brasil Livre de Usinas Nucleares (brasilcontrausinanuclear.com.br). Pesquisador vinculado ao Grupo de Pesquisa em Educação, Comunidade e Movimentos Sociais, da UFSCar Sorocaba (comov.wordpress.com) e ao Grupo de Pesquisa em Comunicação e Movimentos Sociais (GPCOMS). Articulador regional da Rede SANS – Rede de Defesa e Promoção da Alimentação Saudável, Adequada e Solidária (redesans.com.br).
Esta entrada foi publicada em Arte. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>