GUARNICÊ FÓRUM SOCIAL SÃO PAULO & FÓRUM DOS POVOS SP

Guarnicê no Dia 12.12.12
das 19h19 às 21h21 no SEESP: Rua Genebra, 25, Centro, São Paulo/SP
a partir das 22h no ECLA: RUA ABOLIÇÃO, 244, Centro, São Paulo/SP

Para onde vamos?

Em Pauta:
*Breve panorama FSSP e FPSP e Roda de conversa sobre a integração;
*Fórum Social Grajaú;
*Seminário Pós Cúpula dos Povos;
*Fóruns Locais Interior (Sorocaba e Campinas);
*Atividades estendidas no Fórum Social Mundial da Tunísia;
*Relato do Chico Whitaker sobre sua proposta ao FSM e sobre os Occupy NY e Canadá;
*Encaminhamentos 2013;
*Celebração da luta!

**E depois da Reunião, Vamos CELEBRAR?! A partir das 22h no ECLA: RUA ABOLIÇÃO, 244

O Fórum Social São Paulo se insere no processo do Fórum Social Mundial, realizado pela primeira vez em Porto Alegre, em 2001. Desde então, além dos encontros globais, tem ocorrido em todo o mundo uma série de fóruns sociais regionais e locais. (www.forumsocialsp.org.br)

O Fórum dos povos SP é a continuidade do comitê paulista rumo à rio+20, coletivo de cidadãos, cidadãs, movimentos e organizações que se articularam para compor a representação da sociedade civil na cúpula dos povos contra a rio+20. (http://forumdospovos.net/)

Um Fórum é o exercício da cidadania, um espaço em que os movimentos sociais, coletivos, ONGs, cidadãos e cidadãs se encontram para uma série de atividades em que a pauta é a ação social em prol de um mundo melhor. O objetivo é somar as forças, alinhar as lutas, articular as participações, promover a inteligência coletiva pela transformação social! A hora é agora, porque “nós somos aqueles por quem estávamos esperando!”

Sobre Bruno Franques

Bruno Franques é sociólogo, bacharel em Ciências Sociais pela USP. Mestrando em Educação, Comunidade e Movimentos Sociais na UFSCar Sorocaba. Cursou também Comunicação Social e Educomunicação. Colaborador do Instituto Physis (institutophysis.wordpress.com), é membro da Rede de Facilitadores de Fóruns Locais (forunslocais.net); do Grupo de Facilitadores do Fórum dos Povos (forumdospovos.net); do Fórum Social São Paulo (forumsocialsp.org.br); do Fórum Social Sorocaba (forumsocialsorocaba.org.br); do Coletivo Coolmeia SP (coolmeia.org); do Grupo de Articulação Regional da Feira de Orgânicos de Sorocaba (garfos.org.br), do Núcleo de Educação Infantil Jardim do Livre Sonhar (livresonhar.org.br), do programa de televisão Diálogos Comunitários (dcufscar.wordpress.com), da Campanha Nacional Contra os Agrotóxicos e pela Vida (contraosagrotoxicos.org) e da Coalizão por um Brasil Livre de Usinas Nucleares (brasilcontrausinanuclear.com.br). Pesquisador vinculado ao Grupo de Pesquisa em Educação, Comunidade e Movimentos Sociais, da UFSCar Sorocaba (comov.wordpress.com) e ao Grupo de Pesquisa em Comunicação e Movimentos Sociais (GPCOMS). Articulador regional da Rede SANS – Rede de Defesa e Promoção da Alimentação Saudável, Adequada e Solidária (redesans.com.br).
Esta entrada foi publicada em Encontros e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a GUARNICÊ FÓRUM SOCIAL SÃO PAULO & FÓRUM DOS POVOS SP

  1. Vamos todos nessa, pessoal!
    Tuítaço pela democratização

    Em solidariedade à luta do povo argentino pela democratização da comunicação, movimentos sociais e meios comunitários e alternativos latino-americanos promovem, nesta sexta-feira (7), a partir do meio-dia até as 15 horas, uma jornada global de apoio à plena aplicação da Lei de Meios. As etiquetas, ou hastags da campanha são: #7D, #LeydeMedios e #NoMonopolios.

    Os movimentos sociais na Argentina decidiram intensificar o apoio ao cumprimento da lei e, no domingo (8), chamado de 8D, será realizado um grande ato pela democracia na Praça de Maio com show de encerramento de Charly García e Fito Paez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>