Escola ao ar livre. Para todas y para todos: Pobre, Rico e Desprovido

Febraexco e Febraexca

Dia 9 de novembro de 2013, das 13h às 15h na Sala 3

ESCOLA AO AR LIVRE!
PARA TODAS E PARA TODOS
Meninas, Meninos, Adultas, Adultos, Velhos e Velhos!
RICO, POBRE E DESPROVIDO!

A supramencionada atividade auto-gestionada, intitulada ESCOLA AO AR LIVRE! PARA TODAS E PARA TODOS! MENINAS, MENINOS, ADULTAS, ADULTOS, VELHOS E VELHOS! RICO, POBRE E DESPROVIDO! A ser desenvolvida durante o FSSP 2013 no CEU Casa Blanca, do Bairro Capão Redondo, é uma realização da Febraexca e Febraexco do PROUTA. Cujo intuito é pôr o dinamismo do conhecimento veiculado por falas dinâmicas reais ou línguas dinâmicas reais de comunicação humana faladas na cidade de São Paulo, tanto na vida cotidiana bem como em todas as áreas do conhecimento humano, em qualquer dos lugares da cidade ao livre. Além que nossa experiência no assunto, tem-se centralizado em uma única praça publica da cidade, cuja finalidade envolve atividades diversas desde comercias até encontros dominicais e onde os usuários e usuárias da praça falam mais de uma língua, duas, três e quase quatro de comunicação. Dessa modo, a escola em questão é um projeto autofinanciado, através de valor monetário por cada atividade ou pelo valor de troca a desenvolver pelo interessado na atividade da escola em questão, desde assistente, monitor a professor. Dentro do proposito da escola em questão, todas as faixas etárias tanto de homens bem como mulheres tem frequentado a escola em questão. No entanto, mas faixa etária das crianças, meninos e meninas tem frequentado a escola em questão, em maior proporção, 97% o restante repartido nas outras faixas etárias. Por conseguinte, a escola em questão aborda as falas de comunicação do local, bem como o poli-linguismo falado na cidade de São Paulo, sendo que a orientação das aulas são desenvolvidas não do ponto da língua estática oficial senão a partir de língua dinâmica real ou fala dinâmica real, fala umonani, fala Uiraka, etc. De tal forma, que a presente atividade desenvolvida como seminário, converge simultaneamente em conferencia, aula, dramatização, documentário, teatro, composição, musica, poesia, conto, esporte, dinamismo, diversidade, etc.

Sobre Bruno Franques

Bruno Franques é sociólogo, bacharel em Ciências Sociais pela USP. Mestrando em Educação, Comunidade e Movimentos Sociais na UFSCar Sorocaba. Cursou também Comunicação Social e Educomunicação. Colaborador do Instituto Physis (institutophysis.wordpress.com), é membro da Rede de Facilitadores de Fóruns Locais (forunslocais.net); do Grupo de Facilitadores do Fórum dos Povos (forumdospovos.net); do Fórum Social São Paulo (forumsocialsp.org.br); do Fórum Social Sorocaba (forumsocialsorocaba.org.br); do Coletivo Coolmeia SP (coolmeia.org); do Grupo de Articulação Regional da Feira de Orgânicos de Sorocaba (garfos.org.br), do Núcleo de Educação Infantil Jardim do Livre Sonhar (livresonhar.org.br), do programa de televisão Diálogos Comunitários (dcufscar.wordpress.com), da Campanha Nacional Contra os Agrotóxicos e pela Vida (contraosagrotoxicos.org) e da Coalizão por um Brasil Livre de Usinas Nucleares (brasilcontrausinanuclear.com.br). Pesquisador vinculado ao Grupo de Pesquisa em Educação, Comunidade e Movimentos Sociais, da UFSCar Sorocaba (comov.wordpress.com) e ao Grupo de Pesquisa em Comunicação e Movimentos Sociais (GPCOMS). Articulador regional da Rede SANS – Rede de Defesa e Promoção da Alimentação Saudável, Adequada e Solidária (redesans.com.br).
Esta entrada foi publicada em FSSP 2013, Fórum Local de Educação Livre, Programação, Sala 3. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>