Feira de Trocas de Brinquedos

Jardim do Livre Sonhar

Dia 9 de novembro de 2013, das 13h às 14h na Tenda 2: FÓRUMzinho Social

Essa ação foi inspirada em uma campanha nacional promovida pelo Instituto Alana, que propõe às famílias que reflitam sobre a relação do Dia das Crianças com o consumo exacerbado.

A nossa proposta é que a atividade em si consista em uma grande brincadeira, transformando as relações de troca a partir da perspectiva das próprias crianças. Os pequenos espalham seus brinquedos no espaço da feira e brincam livremente, misturando todas as doações. Quando a criança vai embora ela pode levar consigo o brinquedo que mais lhe cativou. Como estimulamos pais e filhos a trazerem mais de um brinquedo, também as crianças presentes que por algum motivo não realizaram nenhuma doação, podem participar da atividade de maneira integral, com o mesmo direito ao brinquedo regalado ao final. Mesmo assim ainda sobram muitos brinquedos e os organizadores os armazenam para presentear outras crianças, em um evento beneficente promovido pelo coletivo junto a alguma comunidade carente da região.

De maneira lúdica exercitamos o entrosamento e a socialização das crianças, a ressignificação de objetos antigos que serão tratados como novos e a afirmação de que as relações não precisam ser pautadas pelo comércio.

No chamado do evento propomos às famílias que ao invés de presentear seus pequenos com brinquedos novos, estimulando-os ao consumo, participem de uma experiência muito mais rica, “educativa” e verdadeira. O processo desencadeado pela ação estimula uma gama muito maior de experiências, que começa já com a decisão em participar da feira e a seleção, em casa, dos brinquedos que serão doados. Já de início a atividade requer a participação dos pais com especial atenção aos interesses dos filhos, o exercício do diálogo, a argumentação, a ponderação, entre outras. Os pais são também estimulados a prestarem mais atenção à quantidade de brinquedos, geralmente exagerada, que seus filhos armazenam sem uso e com isso, talvez até a controlarem melhor seus impulsos consumistas, com relação aos brinquedos dos filhos e aos seus próprios “brinquedos” de adultos.

Acreditamos que esse processo todo carrega potencialmente muitos dos principais valores que uma educação livre, focada no desenvolvimento pleno do indivíduo, deve promover. E é por isso que configura uma das principais ações empreendidas até agora, do coletivo Livre Sonhar.

O Núcleo de Educação Infantil Jardim do Livre Sonhar é formado por um grupo de mães, pais, educadores, educadoras, cidadãos e cidadãs que cansados da perversidade do sistema de ensino vigente em nossa sociedade resolveram criar um espaço especial, envolvente e colaborativo, para a materialização de um projeto que contemple seus ideais de vida, sonhos e visões de mundo.

Visamos a construção de uma alternativa prática e real para a educação livre de nossa comunidade. Nossa equipe multidisciplinar articula colaborativamente nossos sonhos e diferentes perspectivas com relação à pedagogia infantil, alternativa, comunitária e libertária, para traçarmos um projeto transformador, colaborativo e democrático.

www.livresonhar.org.br

Sobre Bruno Franques

Bruno Franques é sociólogo, bacharel em Ciências Sociais pela USP. Mestrando em Educação, Comunidade e Movimentos Sociais na UFSCar Sorocaba. Cursou também Comunicação Social e Educomunicação. Colaborador do Instituto Physis (institutophysis.wordpress.com), é membro da Rede de Facilitadores de Fóruns Locais (forunslocais.net); do Grupo de Facilitadores do Fórum dos Povos (forumdospovos.net); do Fórum Social São Paulo (forumsocialsp.org.br); do Fórum Social Sorocaba (forumsocialsorocaba.org.br); do Coletivo Coolmeia SP (coolmeia.org); do Grupo de Articulação Regional da Feira de Orgânicos de Sorocaba (garfos.org.br), do Núcleo de Educação Infantil Jardim do Livre Sonhar (livresonhar.org.br), do programa de televisão Diálogos Comunitários (dcufscar.wordpress.com), da Campanha Nacional Contra os Agrotóxicos e pela Vida (contraosagrotoxicos.org) e da Coalizão por um Brasil Livre de Usinas Nucleares (brasilcontrausinanuclear.com.br). Pesquisador vinculado ao Grupo de Pesquisa em Educação, Comunidade e Movimentos Sociais, da UFSCar Sorocaba (comov.wordpress.com) e ao Grupo de Pesquisa em Comunicação e Movimentos Sociais (GPCOMS). Articulador regional da Rede SANS – Rede de Defesa e Promoção da Alimentação Saudável, Adequada e Solidária (redesans.com.br).
Esta entrada foi publicada em FSSP 2013, FÓRUMzinho, Programação. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>